Cefaleias e enxaquecas

Cefaleias – Notícias Magazine

 

 

Notícias Magazine: Qual é a abordagem da naturopatia às cefaleias? Como é feita a triagem do tipo de dor e que medidas podem ser introduzidas para a tentar controlar? 

André Dourado: A Naturopatia tem uma abordagem holística ou integral do problema, ou seja, tenta entender todas as variantes que podem causar o aparecimento do sintoma. Isso permitirá saber qual a melhor abordagem para a sua resolução. As cefaleias podem ter diversas origens e podem ser divididas em primárias ou secundárias. As secundarias são aquelas causadas por uma doença ou traumatismo. Neste caso o tratamento passa pelo tratamento da doença que causa a cefaleia podendo ser utilizado um suplemento fitoterapêutico ou homeopático para diminuir a cefaleia enquanto o tratamento de base atua.

 

As cefaleias primárias podem ter diversas origens e são mais conhecidas por enxaquecas, cefaleias de tensão, em salva, etc. Na abordagem Naturopática, pretende-se entender a etiologia da cefaleia e esta deve-se quase sempre a um dos seguintes motivos: dieta, hepatobiliar, mecânica, stress ou emocional. Se for devido a algum alimento é necessário localizá-lo e eliminar da dieta, se está relacionada com deficiente desintoxicação hepática, o tratamento passará pelo recurso a infusões ou extratos de plantas ou remédios homeopáticos que melhorem a função da vesícula biliar e fígado. As de origem mecânica, referem-se a perda de equilíbrio e harmonia da estrutura músculo-esquelética e neste caso o tratamento passa por técnicas de manipulação estrutural ou craneosacral de forma a corrigir. Estas alterações do equilíbrio entre músculo, articulações e ossos devem-se a “maus jeitos”, posturas desadequadas ou até podem ser causadas pelo stress pois o sistema neurológico é hierarquicamente superior ao músculo-esquelético, influenciando-o. Por último as de origem neurológica, causadas pelo stress ou eventos emocionais fortes, serão solucionadas por várias técnicas e remédios para diminuir e gerir o stress ou ajudar a libertar a pessoa dessa memória traumática.

 

De forma simples, poderia recomendar a quem sofre regularmente de cefaleias, que tome uma infusão de alcachofra ou boldo, peça que lhe façam uma massagem com óleos relaxantes principalmente na região da cervical e crânio e coloque na sua casa ou trabalho um difusor com algumas gotas de óleo essencial de lavanda. No entanto consulte um Naturopata para o ajudar de forma mais apropriada.

 

NM: Da sua experiência a alimentação pode ter um papel importante? Como?

AD: Sem dúvida. Existem muitos alimentos que podem causar cefaleias principalmente quando existe associado uma alteração da barreira intestinal e fígado. Recordo uma aluna há poucas semanas no Brasil, que sofria há vários anos de cefaleias e já tinha tentado de tudo. Depois da aula resolveu retirar os alimentos ricos em glúten e caseína da dieta e, em pouco tempo, pararam de vez.

 

NM: Há casos que entende que não são da sua competência e encaminha para outras especialidades? Quais?

AD: Sempre trabalho com médicos, acupunctures e osteopatas e julgo que o trabalho conjunto é o mais eficaz. Geralmente vêm consultar depois de tentarem o convencional e não terem obtido resultados, e não ao contrário. Mas se suspeitar que é um caso médico agudo encaminho imediatamente.

 

André Dourado Quem é?

Fonte: Notícias Magazine (JN)